CONTATO

seadiproducao@gmail.com

(51) 9156 5050

(51) 8547 4675


PARA COMPRAR A MÚSICA "Se joga em mim", CLIQUE NESTA IMAGEM:



PARA COMPRAR A MÚSICA "Não tem solução", CLIQUE no ícone do carrinho:

Aí vai o novo clipe! Lançamos há 3 dias e já tem 15 mil views! Estou mais feliz ainda com os comentários e carinho
de muitas pessoas, amigos, fãs, e novos fãs. Muito obrigado! É muito bom esse retorno. Esse caminho na música autoral no Brasil é muito difícil, são muitos obstáculos, muito esforço e dedicação diária, então a alegria é maior ainda. Seguimos nessa luta. O sonho não pode parar.

Em breve terá lançamento do clipe da música "Não tem solução". Expectativa total. Confere uma prévia dele!


Sinto saudade da época em que eu queria somente conseguir fazer uma pestana no violão. Sinto saudade de quando tocar uma nova música inteira era uma emoção imensa. Sinto saudade daquela dificuldade de compor uma canção redonda. Sinto saudade da emoção de uma pessoa dizer que curtiu minha música. Sinto saudade de ter a meta de atingir 50 pessoas na comunidade do Orkut. Sinto saudade daquela ADRENALINA de cantar na frente de 3 pessoas. Sinto saudade daquela batida sincopada que fazia eu me sentir o batera do Led Zeppelin. Sinto saudade  de quase morrer do coração vendo meu clipe na MTV. E daquela apoteose de ouvir minha música na rádio. Agora tudo é diferente...não que eu tenha perdido o tesão, pelo contrário, o problema é que agora precisa muito.  Não basta eu saber gravar bateria perfeitamente em cima de um click, ou saber tocar piano, violão, guitarra, baixo, gaita de boca, cantar, cantar tocando esses instrumentos, gravar, improvisar solando em qualquer um deles, em qualquer tom, arranjar, fazer produções, compôr facilmente, ter quase 10 cadernos de composições. A sociedade vive uma era do super-ultra (vamos chamar assim). O artista tem que ser super-ultra em tudo e em todos lugares. Não basta mais ter uma música na rádio, ou uma matéria bacana num jornal de grande expressão. Ele tem que ter um número super-ultra gigante de views no YouTube. Tem que ter um super-ultra número de curtidas no Facebook, em cada post e na sua página.Tem que ter um número super-ultra de seguidores no Twitter. Tem que ter um super-ultra número de seguidores no Instagram. E os aplicativos de música? Tem o super-ultra Spotify, o super-ultra Deezer, o Google Play, Soundcloud...E um número super-ultra grande de envolvimento em todas essas redes (que chamam de engajamento)..Ele tem que estar na TV, rádio, jornal, revista, blog, portal, trilha de filme, out-doors...dj tocando sua música nas baladas. Ele pode tocar em muitos lugares, festivais, etc E ele pode fazer tudo isso e mais um pouco, e ainda corre o risco de ser esquecido completamente se ele parar de fazer tudo isso. Vivemos numa era em que tudo é facilmente descartado, infelizmente. Ganhamos muitas oportunidades, muito espaço, muitas fontes, muitos artistas, muito tudo. O que perdemos foi o romantismo. O músico hoje tem que ser um lutador faixa preta no quesito redes sociais, um guerreiro viking na arte do networking, um gênio maior que Einstein pra ter sua música ouvida, um mestre da criatividade pra ser reconhecido, um sábio filósofo grego na arte de administrar sua carreira. Virou uma missão somente pra seres especiais, dotados de muitos dons. Essa guerra não é mais pra qualquer um não. Não basta compor bem, cantar bem, tocar bem. Tem que ser um super-herói. A propósito, me segue no Spotify? Haha. recém criado o perfil de artista lá https://play.spotify.com/artist/2aRssjiwjBG8Lb7kbXoxoY
Quinta-feira desta semana (dia 11 de agosto de 2016) foi a gravação do clipe da música "Não tem solução". Mais uma grande parceria com Nico Rocha e sua equipe. Fizemos numa casa de eventos da zona rural de Porto Alegre. Lugar muito lindo. Tudo colaborou, o tempo (precisávamos que estivesse frio mesmo), o espaço e estrutura da casa, a equipe, equipamentos, deu tudo certo. Gravamos num tempo bem menor que os outros clipes ("Se joga em mim" gravamos das 10h as 22h30 e o "Cidade Baixa" das 11h as 3h30). Foi bem mais tranquilo. A atriz Analu Bastos foi incrível. O resultado final tenho certeza que ficará excelente. Fizemos cenas comigo no piano e outras na bateria, vai dar uma dinâmica bem interessante. Antes eu queria mostrar, nesse clipe, vários instrumentos que toco, mas depois pensei que seria querer se achar muito, forçar a barra, e ainda gastar todos cartuchos haha. Vou lançar um teaser da música pelo Facebook, em seguida ela completa pelo soundcloud, depois o teaser do clipe pelo Face e o clipe completo em seguida pelo YouTube em parceria com algum portal de música ainda não confirmado. Não consegui planejar bem  a cobertura da gravação, podia ter feito transmissão ao vivo, mais fotos e videos enfim, mas minha vida tem sido muito corrida, com muitos trabalhos simultâneos, tanto que passei toda semana dando aula de música (numa escola da zona sul e  ainda aulas particulares). No dia da gravação acordei as 6 da manha, as 8h começamos a montagem e gravação e terminou as 17h30 , saí correndo pra dar aula as 18h15, que duraria ate 20h e ensaio com as Black Drones (banda que toco bateria) ate as 22h30, então foi um dia muito corrido, assim como outros.
Segue aqui uma foto de making off do meu celular mesmo (da gravação do clipe)




Estou trabalhando na produção do segundo álbum. Cinco músicas já estão prontas, duas já foram lançadas recentemente ("Se joga em mim" e "Cidade Baixa"). Previsão do lançamento pro segundo semestre de 2016 ou primeiro semestre de 2017. Em seguida lançarei terceira música ('Não tem solução") com videoclipe.

Eu adoro música. Suave, ou rocknroll, uma música só pra animar ou ficar horas só ouvindo som. Eu adoro sexo. Suave, ou selvagem, curto ou por horas.
Eu gosto desse prazer, não consigo ficar sem por muito tempo. Minha libido é grande, minha ligação com música também.
Gosto da provocação, da expectativa, que a outra pessoa provoca e a música também, do pensamento espontâneo no outro, e que a música gera. Da fantasia, dos gemidos, de dar prazer e sentir prazer ouvindo um som.
Gosto do crescente....dos versos indo pro gozo do refrão.
Gosto da introdução e da alegria que gera em mim sabendo que está começando a tocar uma música que eu adoro, daquele sorriso malicioso da pessoa que sinto que vai ser uma ótima transa, e que sei que vou da risada no final e gritar “essa música é demais”
Gosto dos tapas, da pegada forte, da música visceral. Gosto do carinho depois de tudo, e daquele "fade" da música se indo.
Gosto dos sussurros e dos gritos na hora certa, e da guitarra bem colocada.
Sou movido a sons.
Gosto dessa batida, sexual, do timbre, da velocidade certa
Gosto da dinâmica, do sexo e da música
Das nuances do som e do jogo.
ass:Seadi
Boooooooa tarde maliciosa pra vocês!
Fiz uma lista de músicas picantes pra escutar naqueeeeele momento. Incluí 2 minhas, é claro.
Confere aí, e compartilhe, valeu!

https://www.youtube.com/watch?v=6j7huh5Egew&index=1&list=PLVTYd4f8-qb2i7sERvnjCBY3cOmvNp7ve